Como saber se seu casamento está chegando ao fim? Descubra!

By | quarta-feira, novembro 30, 2011 5 comments
Mudanças sempre são bem vindas, principalmente aquelas que podem SALVAR O SEU CASAMENTO! 

Pequenas mudanças para o relacionamento não cair na rotina

Vocês dois mal se falam, as brigas e discussões aumentaram? E o momento do casal, ainda existe?
Bom, se a relação continuar nesse caminho temos fortes indícios de um possível fim. Mas, calma, nem tudo está perdido - você ainda pode inverter essa situação. 
Que tal repensarmos na rotina do seu relacionamento, fazermos algumas mudanças e fazer desse relacionamento desgastado, um NOVO relacionamento.

Responda o teste do Dr. Relacionamento e avalie. Quando foi a ultima vez que vocês...

... andaram de mãos dadas?
A troca de carícias, massagem, mãos dadas, beijo na boca - devem estar sempre presentes no dia a dia e na rotina de um casal. Presentear o parceiro ou a parceira também. 
Essa troca de sentimentos físicos (expressados através do toque) é muito importante para os dois, com o passar do tempo alguns casais tendem a esfriar. E não se preocupam tanto com esses pequenos gestos que fazem sim, a diferença em um relacionamento.
Seu marido ou sua esposa chegou do trabalho, receba ela ou ele com um beijo, com um abraço, vale até mesmo oferecer-se para fazer uma massagem. Nada melhor do que uma boa massagem nas costas, após aquele dia estressante de trabalho - não é verdade?!
São gestos pequenos e que ajudam muito na melhora do seu relacionamento. 

... saíram para jantar?
Para que um relacionamento seja bem sucedido, o casal devem fazer dois tipos de investimentos: nos interesses próprios e nos conjugais. Programas a dois, sair com amigos, viajar, fazer algo que realmente saia da rotina, ou até mesmo algo que nunca pensaram em fazer juntos. Que tal saltar de paraquedas juntos? porque não? 
Tem medo de altura, então, o que acha de fazer uma trilha? Se forem mais tradicionais, tudo é valido, até mesmo um simples jantar em algum lugar diferente, nesse momento você deve usar a sua imaginação. O importante nesse caso não é o local, mas sim o momento a dois que vocês estão tendo. Longe da rotina de trabalho e de obrigações domésticas, que atrapalham o relacionamento e escondem o lado divertido e descontraído do parceiro.

... tiveram uma conversa(discussão) amigável?
A famosa e temida(pelos homens) D.R. O grande problema da discussão é exatamente por ela ser uma discussão, e não uma conversa. A mulher já começa o 'debate'(sim, se transforma em um debate) com 7 pedras na mão, e o homem já foge(alguns até correm), dizendo que ela é chata, doida, estérica e que só sabe fazer cobranças.
Uma conversa saudável e inteligente sempre é bem vinda e ajuda muito, claro, que o bom senso tem que estar presente. Tanto da parte de um como da parte do outro. 
Não adianta você começar uma conversa (uma D.R), apontando ou gritando os defeitos e os erros do parceiro. Primeiro que ele não vai gostar, segundo que ele pode ter feito algo que nem se deu conta de que fez (ele pode fingir isso também, fique atenta.)
O ideal é começar a conversa perguntando se tem algo errado, em seguida você explica o que lhe incomoda, escute à resposta, e com o decorrer das respostas você constrói todas as outras perguntas. Por favor, seja racional, não adianta se exaltar e muito menos brigar. Você fala, escuta, um de cada vez. Consciência e inteligência sempre, você quer salvar o relacionamento mas também não vai aceitar ser feita de besta.

... realmente riram na cama?
Vocês se divertem e riem juntos? Na cama ou fora, é extremamente importante que o casal tenha momentos de descontração. As mulheres, sobretudo, adoram homens que as façam rir.  O bom humor, ajuda tanto no relacionamento quanto na cama, ele da um tempero a mais no sexo. Os homens também gostam de mulheres bem humoradas, divertidas, acredite isso faz a diferença para eles, mulheres simpáticas são as ideias. Mas tomem cuidado pra não dar uma de BOZO(aqueles né; Alô criançada o Bozo chegou!), e exagerar no bom humor, ninguém quer um cômico do seu lado - tenha bom senso.

... tiveram uma relação sexual?
Se as obrigações do cotidiano se tornam mais importante que o sexo, é inevitável, a vida debaixo dos lençóis é prejudicada e desanda completamente. Ainda mais quando os filhos são pequenos, o sexo acaba entrando para a categoria das obrigações e vira um dever a ser comprido, o que também não é nada bom para a relação. Se o casal não tem uma boa sintonia sexual o prazer não é totalmente satisfatório. E isso nos leva a repetidas experiência negativas e frustrantes fazendo com que a pessoa evite o rala e rola, ela vai perdendo o tesão gradativamente. A procura diminui e cai para 1, 2 ou 3 vez no mês, e olhe lá... (claro que isso é um caso extremo, não deixei e nem espere chegar a essa porcentagem mínima. Por favor!)
A solução? Uma boa e madura conversa entre o casal, os dois precisaram redescobrir o prazer, renovar o sexo. Faça tudo o que estiver ao seu alcance, claro, respeitando os seus limites também, não vai fazer algo que você nunca faria e que possa se arrepender depois, encontre algo que agrade os dois. Invista nisso e faça algumas mudanças ao decorrer do tempo para não cair na rotina novamente. 

... fizeram planos financeiros juntos?
O dinheiro, aonde investir? Conversar sobre o dinheiro é necessário, pois alem dos planos conjugais existem também os individuais. Não se deve também falar sobre isso a todo momento. Existem horas certas, o casal precisa administrar as contas e o dinheiro de uma maneira que favoreça os dois, sempre. Afinal, são um casal tanto um como outro tem seus deveres e obrigações, alimentação, saúde, lazer, filhos, educação. Tome cuidado, porque falar sobre dinheiro e como administra-lo pode ser um pouco desgastante, ainda que não tenham chegado a uma conclusão. O assunto pode ser retomado em outro momento. 

... disseram "Eu amo você porque..."
É tão bonitinho ver um casalzinho de namorados juntos no começo da relação, eles dizem 'Eu te Amo', quase que o tempo todo, por qualquer motivo. Ao passar dos anos, as pessoas se esquecem de dizer o porque amam os seus parceiros, e esquecem também o real significado dessa palavra, e quando dizem, falam de uma forma egoísta; "- Ah, eu Te Amo, porque você é uma pessoa que cuida de mim e dos nossos filhos, não nos deixa passar fome... e blá, blá, bla". Amar é mais que isso, o amor é uma palavra muito forte - dentro dela esta embutida vários outros sentimentos, como respeito, admiração, carinho, confiança e etc. Dizer que Ama alguém é uma maneira de dizer tudo isso em uma única palavra. 
Diga  e demonstre de forma clara ao seu parceiro o porque, e o quanto o ama. O amor move as pessoas.

por DR Relacionamento / Ricky Moscoutti

5 comentários: Leave Your Comments

  1. OS HOMENS HOJE EM DIA,ACHA QUE AS MULHERES TEM QUE FAZER TUDO O QUE ELES QUEREM,OU QUE A MAE DELES COLOCA NA CABEÇA DELES,PRINCIPALMENTE DEPOIS QUE NOS TEMOS FILHOS,A SOGRA ACHA QUE E NOSSO MARIDO PRA MANDAR NA GENTE,OU E A MAE DOS NOSSOS FILHOS.POR ISSO MULHERES CUIDADO PARA NAO SER MANDADA PELO MARIDO E A SOGRA.

    ResponderExcluir